Copa do Mundo de 1970 no México | História da Copa do Mundo de futebol da FIFA | Escolha da Sede | Estádios | Mascote | Tabela | Final | Jogadores | Artilheiros | Seleções | Brasil na Copa | Eliminatórias | Abertura | Encerramento
 
 
Aplicativo de Táxi na sua cidade? Clique aqui!   |   Que tal fazer um intercâmbio para estudar e trabalhar no exterior?   |   Saiba o número de DDD das operadoras e das cidades
 
Publicidade


• Site oficial da Copa do Mundo de Futebol - FIFA.
 
 
 
Publicidade




IX Copa do Mundo de futebol - México 1970

Ficha da Copa do Mundo de 1970 no México
Eliminatórias: 75 seleções
Classificados automaticamente: Inglaterra (última campeã) e México (país-sede)
Sede: México
Campeão: Brasil - 3º título
Jogos: 32
Gols: 95
Média de gols: 2,97
Público: 1.673.975
Média de público: 52.666
Artilheiros: Gerd Müller (Alemanha Ocidental) - 10 gols

História da Copa do Mundo de 1970 no México
A Copa do México foi consagrada pela quantidade de craques (Pelé, Torres, Gérson, Jairzinho, Tostão, Rivelino, Mazurkiewicz, Beckenbauer, Moore, Cubillas e Müller) e jogos antológicos como a goleada brasileira aplicada na Itália na decisão do tri.

Apenas as Copas de 70 e 90 tiveram nas quatro primeiras posições, quatro campeões mundiais. O curioso é que são consideradas a melhor e a pior Copa de todos os tempos.

Assim como em 2002, a seleção estava desacreditada e foi campeã vencendo todos os jogos. O presidente também pediu a convocação de seu jogador favorito. João Saldanha não deu o braço a torcer e foi substituído por Zagallo, que convocou Dadá e ficou com as glórias da conquista.

Alguns episódios das Copas do Mundo contribuem para a imagem da arrogância européia. Os ingleses criaram um mal-estar em 70 ao levar sua própria água para consumo no México. As cenas do público invadindo o campo e levando Pelé nas costas depois da final são memoráveis e esclarecedoras.

Para adequar às transmissões e dinamizar o esporte, a Fifa introduziu o uso dos cartões amarelo e vermelho, e as substituições por jogo já na Copa de 70.

Seleções participantes da Copa do Mundo de 1970 no México
Alemanha Ocidental | Bélgica | Brasil | Bulgária | El Salvador | Inglaterra | Itália | Israel | Marrocos | México | Peru | Romênia | Suécia | Tchecoslováquia | URSS | Uruguai

Seleções participantes: 16
Seleções estreantes: 3 (19%) - El Salvador, Israel e Marrocos

Seleções por continente
Europa (9 seleções): Alemanha Ocidental, Bélgica, Bulgária, Inglaterra, Itália, Romênia, Suécia, Tchecoslováquia e URSS
América do Sul (3 seleções): Brasil, Peru e Uruguai
América do Norte, Central e Caribe (2 seleções): El Salvador e México
África (1 seleção): Marrocos
Ásia (1 seleção): Israel

Eliminatórias da Copa do Mundo de 1970 no México
Eliminatórias: 75 seleções

Pôster, Logo e Mascotes da Copa do Mundo de 1970 no México
Pôster da Copa do Mundo de 1970 no México
Pôster da Copa do Mundo de 1970 no México - 9º Copa do Mundo Fifa

Logo da Copa do Mundo de 1970 no México
Não houve.

Mascotes da Copa do Mundo de 1970 no México
Juanito - Mascote da Copa do Mundo de 1970 no México - 9º Copa do Mundo Fifa
Juanito - Mascote da Copa do Mundo de 1970 no México - 9º Copa do Mundo

Sistema de disputa da Copa do Mundo de 1970 no México
As 16 seleções foram divididas em quatro grupos de quatro equipes cada. As duas melhores equipes de cada grupo avançaram às quartas-de-final. A partir desta fase os jogos foram eliminatórios.

Primeira Fase da Copa do Mundo de 1970 no México
-

Tabela dos jogos da Copa do Mundo de 1970 no México
Jogos do Grupo A
-

Jogos do Grupo B
-

Tabela dos jogos da Copa do Mundo de 1970 no México (cont.)
Jogos do Grupo C
-

Jogos do Grupo D
-

Jogos das Quartas-de-Final
-

Jogos das Semifinais
-

Jogo da Disputa do 3º Lugar
-

Jogo da Final
-

Ficha da Final da Copa do Mundo de 1970 no México
-

Campeão da Copa do Mundo de 1970 no México
Brasil - Terceiro título

Brasil na Copa do Mundo de 1970 no México
Campeão
6 jogos | 6 vitórias | 19 gols a favor e 7 gols sofridos | saldo de gols +12.

Ficha dos jogos do Brasil na Copa do Mundo de 1970 no México
Primeira Fase:
3/junho/1970
Brasil 4 x 1 Tchecoslováquia
Local: Estádio Jalisco (Guadalajara, México)
Árbitro: Ramón Barreto (Uruguai)
Gols: Petras 12, Rivelino 24 do 1º tempo; Pelé 15, Jairzinho 18 e 38 do 2º.
BRASIL: Félix; Carlos Alberto, Brito, Piazza, Everaldo; Clodoaldo, Gérson (Paulo César), Rivelino; Jairzinho, Tostão, Pelé.
TCHECOSLOVÁQUIA: Viktor; Dobias, Horvath, Migas, Hagara; Kuna, Hrolicka (Kvasnak); Frantisek Vesely (Bohumil Vesely), Petras, Adamec, Jokl.

7/junho/1970
Brasil 1 x 0 Inglaterra
Local: Estádio Jalisco (Guadalajara, México)
Árbitro: Abraham Klein (Israel)
Gol: Jairzinho 14 do 2º tempo.
BRASIL: Félix; Carlos Alberto, Brito, Piazza, Everaldo; Clodoaldo, Rivelino, Paulo César; Jairzinho, Tostão (Roberto), Pelé.
INGLATERRA: Banks; Wright, Moore, Labone, Cooper; Mullery, Bobby Charlton (Bell), Ball, Peters; Lee (Astle), Hurst.

10/junho/1970
Brasil 3 x 2 Romênia
Local: Estádio Jalisco (Guadalajara, México)
Árbitro: Ferdinand Marschall (Áustria)
Gols: Pelé 19, Jairzinho, 21, Dumitrache 34 do 1º tempo; Pelé 24, Dembrovsky 38 do 2º.
BRASIL: Félix; Carlos Alberto, Brito, Fontana, Everaldo (Marco Antônio); Piazza, Clodoaldo (Edu), Paulo César; Jairzinho, Tostão, Pelé.
ROMÊNIA: Adamache (Raducanu); Satmareanu, Lupescu, Dumitru, Mocanu; Dinu, Nunweiller; Dembrovsky, Neagu, Dumitrache (Tataru), Lucescu.

Quartas-de-final: 14/junho/1970
Brasil 4 x 2 Peru
Local: Estádio Jalisco (Guadalajara, México)
Árbitro: Vital Loreaux (Bélgica)
Gols: Rivelino 11, Tostão 15, Gallardo 29 do 1º tempo; Tostão 6, Cubillas 25, Jairzinho 30 do 2º.
BRASIL: Félix; Carlos Alberto, Brito, Piazza, Marco Antônio; Clodoaldo, Gérson (Paulo César), Rivelino; Jairzinho (Roberto), Tostão, Pelé.
PERU: Rubiños; Campos, Chumpitaz, Fernandez, Fuentes; Challe, Mifflin; Baylón (Sotil), Perico León (Reyes), Cubillas, Gallardo.

Semifinal: 17/junho/1970
Brasil 3 x 1 Uruguai
Local: Estádio Jalisco (Guadalajara)
Árbitro: Ortiz de Mendíbil (Espanha)
Gols: Cubilla 19, Clodoaldo 44 do 1º tempo; Jairzinho 31, Rivelino 44 do 2º.
BRASIL: Félix; Carlos Alberto, Brito, Piazza, Everaldo; Clodoaldo, Gérson, Rivelino; Jairzinho, Tostão, Pelé.
URUGUAI: Mazurkiewicz, Ubiñas, Ancheta, Matosas, Mujica; Montero Castillo, Fontes, Manero (Esparrago); Cubilla, Cortez, Morales.

Final: 21/junho/1970
Brasil 4 x 1 Itália
Local: Estádio Azteca (Cidade do México)
Árbitro: Rody Glockner (Alemanha Oriental)
Gols: Pelé 18, Bonisegna 37 do 1º tempo; Gérson 20, Jairzinho 25, Carlos Alberto 42 do 2º.
BRASIL: Félix; Carlos Alberto, Brito, Piazza, Everaldo; Clodoaldo, Gérson, Rivelino; Jairzinho, Tostão, Pelé.
ITÁLIA: Albertosi, Burgnich, Cera, Rosato, Facchetti; De Sisti, Bertini (Juliano), Mazzola (Rivera); Domenghini, Bonisegna, Riva.

Histórico do Brasil nas Copas do Mundo

Artilheiros na Copa do Mundo de 1970 no México
-

Escolha da Sede da Copa do Mundo de 1970 no México
-

Cidades sede da Copa do Mundo de 1970 no México
-

Jogadores da Copa do Mundo de 1970 no México
-

Imagens da Copa do Mundo de 1970 no México
Copa do Mundo de 1970 no México
Copa do Mundo de 1970 no México

Copa do Mundo de 1970 no México
Copa do Mundo de 1970 no México

Vídeos da Copa do Mundo de 1970 no México
Em breve.

 
  Copa do Mundo de Futebol FIFA
Campeões : História : Sedes : Artilheiros : Curiosidades : Estatísticas : Cartazes : Logos : Troféus : Mascotes : Bolas : Seleções

Edições - Uruguai 1930 : Itália 1934 : França 1938 : Brasil 1950 : Suíça 1954 : Suécia 1958 : Chile 1962 : Inglaterra 1966 : México 1970 : Alemanha Ocidental 1974 : Argentina 1978 : Espanha 1982 : México 1986 : Itália 1990 : Estados Unidos 1994 : França 1998 : Coreia/Japão 2002 : Alemanha 2006 : África do Sul 2010 : Brasil 2014 : Rússia 2018 : Catar 2022